15 de outubro de 2020
Fazer o currículo do Jovem Aprendiz não é uma tarefa tão complicada quanto parece ser, mesmo para quem não tem nenhum tipo de experiência para adicionar. Afinal de contas, mesmo sem a experiência no mercado de trabalho é possível adicionar conhecimentos e habilidades que são úteis e interessantes. Dessa maneira, você consegue chamar atenção do recrutador mesmo sem nunca ter trabalho antes, o que conta pontos no momento da contratação. Sendo assim, se você está com dificuldade na hora de criar esse documento, veja abaixo o passo a passo para fazer o currículo do Jovem Aprendiz. Mas antes, o que é Jovem Aprendiz? Caso você não saiba, o programa Jovem Aprendiz é um projeto desenvolvido pelo Governo Federal que foi criado a partir da Lei da Aprendizagem no ano 2000, que estabelece que as empresas de médio e grande porte façam a contratação de jovens para serem aprendizes. Assim, o contrato de trabalho pode ter uma duração de até 2 anos e, durante esse tempo, o jovem receberá aprendizado teórico, feito na sala de aula, e prática, atuando dentro da empresa na qual foi contratado. Dessa forma, a ideia central é que o jovem receba a capacitação para melhorar as suas habilidades e assim consiga exercer com maestria as atividades dentro do primeiro emprego. No mais, para participar do programa é necessário ter idade entre 14 a 24 anos, estar estudando no ensino fundamental ou médio e cumprir os requisitos que a empresa solicitar. 1º passo - Escolaridade A primeira informação que você deve adicionar no seu currículo é a sua escolaridade, o que deve ser feito de maneira correta e atualizada. Portanto, especifique o nome da instituição que você estuda, o curso que você faz (caso seja ensino técnico), o ano ou até mesmo o semestre que você está cursando e o total de anos que faltam para serem concluídos. Afinal de contas, para ser Jovem Aprendiz é preciso que você se enquadre nos requisitos da empresa, que começam exatamente na escolaridade. Por essa razão, é importante deixar essas informações em evidência para tornar o trabalho do recrutador mais otimizado e facilitar até mesmo a sua convocação para a entrevista. 2º passo – Objetivo Na parte do objetivo você não precisa se prolongar, é necessário somente ser direto, informando assim qual é o seu intuito com aquele documento, que é ser: Jovem Aprendiz. Inclusive, essa informação é a mais recomendada para se adicionar no currículo, uma vez que permite que o documento seja encontrado com mais facilidade. Afinal de contas, uma empresa recebe centenas de outros CV’s e é preciso que você deixe evidente o objetivo sem que o recrutador precise fazer uma leitura completa do currículo. Aliás, é muito improvável que ele faça a leitura do currículo todo para saber seu objetivo, uma vez que ele busca objetividade, especialmente quando se fala em cargos de Jovem Aprendiz. 3º passo – Se atente ao português Se atentar ao português é uma das etapas mais importantes para fazer o currículo do Jovem Aprendiz. Isso porque, absolutamente nenhuma empresa quer fazer a contratação de um jovem ou adolescente que não sabe escrever corretamente, uma vez que isso é o básico. Por esse motivo, caso tenha dificuldades na grafia, busque ajuda na internet através do dicionário online. Além disso, se for necessário, recorra a ajuda de alguém para fazer a correção do documento, que pode ser até mesmo o seu professor. É claro que isso pode parecer algo bobo, porém, acredite, faz uma diferença muito grande, pois demonstra seriedade e até comprometimento escolar, não é mesmo? 4º passo – Cursos complementares Inserir os cursos complementares que você já fez também é uma ótima maneira de incrementar seu currículo para ser um Jovem Aprendiz. Nesse caso, você deve adicionar apenas informações importantes sobre, como: • Nome do curso; • Data que você concluiu; • Pequeno resumo do que aprendeu. Aliás, é importante mencionar aqui que até mesmo os cursos online são válidos para serem adicionados ao CV, independente dele ser de administração, marketing ou programação, por exemplo. Ora, tudo isso mostra que você tem interesse em se aperfeiçoar e aprender cada vez mais, o que é um perfil bastante interessante e buscado pelas empresas atualmente. Então, é natural que ter cursos complementares faz uma diferença bem grande e chama atenção do recrutador logo de primeira. Portanto, agora você já sabe, faça cursos, independente do que eles sejam, não há dúvidas do quanto isso é importante para que você consiga o primeiro emprego através do programa Jovem Aprendiz. 5º passo – Participação em palestras As palestras que você assistiu durante a sua formação, seja no ensino fundamental ou médio, também são úteis. Por conta disso, adicione-as no seu currículo, descrevendo quais foram elas, quando elas aconteceram e, se for o caso, o conhecimento que elas acrescentaram na sua vida e que podem ser úteis no ramo profissional. Não sabe o adicionar? Pode ser uma palestra sobre processos seletivos que aconteceu dentro da sua escola, por exemplo. Afinal, novamente é válido mencionar, tudo isso demonstra que você será um Jovem Aprendiz extremamente focado e útil para a empresa. 6º passo – Atividades complementares Atividades complementares também pode ser adicionado para fazer o currículo do Jovem Aprendiz. Desse modo, se você criou uma empresa na escola, participou do grêmio estudantil ou até mesmo fez trabalho voluntário, lembre-se de descrever tudo isso no currículo. Ora, como mencionado anteriormente, todas essas iniciativas demonstram que você é um jovem empenhado, que gosta de trabalhar em equipe e busca soluções para os desafios existentes no âmbito escolar. Por conta disso, será um profissional realmente útil para a empresa, que agregará com ideias revolucionadoras, por exemplo. Conclusão Com todas essas informações você já sabe o passo a passo para fazer o currículo do Jovem Aprendiz. Portanto, não se preocupe, a falta de experiência não vai ser um impedimento para você conseguir a vaga desejada. Isso porque, o programa é voltado exatamente para a primeira oportunidade de emprego. Além disso, saber montar o currículo corretamente, com cursos, atividades complementares e tudo que foi mencionado acima, vai lhe ajudar a ser convocado para o processo de seleção.

Passo a passo para fazer o currículo do Jovem Aprendiz

Fazer o currículo do Jovem Aprendiz não é uma tarefa tão complicada quanto parece ser, mesmo para quem não tem nenhum tipo de experiência para adicionar. […]
14 de outubro de 2020
Jovem Aprendiz – Tudo que você precisa saber sobre o programa!

Jovem Aprendiz – Tudo que você precisa saber sobre o programa!

Um dos principais desafios hoje no mercado de trabalho é conseguir o primeiro emprego, especialmente por não se ter experiência. Por isso, nasceu o programa Jovem […]